A startup Novidá, que utiliza Inteligência Artificial e IOT para gerenciamento de equipes operacionais, captou R$875 mil por meio da plataforma de equity crowdfunding EqSeed. A rodada foi concluída com um investimento médio de mais de R$12 mil por investidor. 

Segundo Fábio Rodrigues, fundador e CEO da Novidá, o investimento será fundamental para desenvolver e aprimorar o sistema da startup. “Vamos dar ainda mais foco ao colaborador operacional das empresas, porque acreditamos que desenvolvendo o trabalhador na ponta, as empresas tendem a melhorar sua produtividade, eliminar desperdícios e crescer, de maneira mais competitiva. Além de uma janela clara para o desenvolvimento profissional do operador”, conta. 

De acordo com o sócio-fundador da EqSeed, Brian Begnoche, o setor de gestão de negócios é muito forte e os números provam que o mercado potencial é imenso. Por isso, esse segmento atraiu muitos investidores.

“As empresas sabem que para permanecer relevante e competir, tem que digitalizar todos seus processos e tomar decisões baseado cada vez mais em dados traqueados. A Novidá é o tipo de plataforma que oferece o que as empresas do Brasil buscam: soluções para aumentar a produtividade das empresas com uso de tecnologia. Utilizando Inteligência Artificial e IoT (Internet das Coisas), a Novidá conseguiu digitalizar até o movimento de pessoas, se transformando em dados e trazendo enorme eficiência às equipes de várias pessoas”, pondera.

Segundo dados da Associação Brasileira de Facilities (ABRAFAC), o Brasil tem um mercado de serviços operacionais de R$ 276 bilhões. Deste total, os gastos com equipes, que é justamente o mercado alvo da Novidá, é de R$ 185 bilhões, o que equivale a 67% desse mercado. E de acordo com o Interconnection Consulting Report, as soluções de gestão de negócios podem captar 2,5% desse mercado, o que totaliza R$ 4,65 bilhões de reais.

A Novidá criou uma plataforma SaaS 100% em nuvem plug and play, aliando tecnologias de IoT, Inteligência artificial e tracking de precisão para entender padrões precisos de movimentação nas jornadas de trabalho. Com tal informação, entrega inteligência de processo prática, e em tempo real, para os gestores operacionais. 

Com estas informações, abre-se um leque de gestão de RH e performance do colaborador para orientar e desenvolver seus gaps de execução do trabalho. Uma das grandes sacadas da plataforma foi trabalhar com dispositivos IoT simplificados e de fácil adoção, mantendo alta qualidade da informação, garantida por algoritmos proprietários de inteligência artificial, e assim desmistificando a percepção que projetos desta natureza são complexos e custosos. 

A solução da Novidá pode ser instalada em uma fábrica inteira, por exemplo, em menos de 2 dias e pelo próprio cliente, sem qualquer auxílio especializado. Essa transformação na forma de pensar o IoT como produto final, mas como componente de uma plataforma de Software robusta, segura e escalável, foi fundamental para preparar a empresa para um crescimento realmente agressivo.

Para Fábio, esse investimento vai colaborar para que o Brasil desponte cada vez mais com eficiência e agilidade operacional nunca vista dentro do mercado. “Isso é possível hoje porque usamos a tecnologia para agilizar processos e entregar dados para gestores agirem de forma imediata sobre dificuldades que antes eram complexas, e assim conseguir transformar o ambiente de operações nas empresas em um ambiente orientado à tecnologia e a transformação digital,” finaliza.   

Artigos Relacionados

Crédito da foto: Divulgação

Paulo Roberto Silva

Paulo Roberto Silva é jornalista e empreendedor. Graduado em Jornalismo pela ECA USP e mestre em Integração da América latina pelo PROLAM USP.