Estar nas nuvens, nas regras da língua portuguesa, significa estar fora da realidade. Porém, quando trazemos para o universo da cibersegurança, nunca estivemos tão atualizados ao termos os nossos dados e operações baseados na nuvem.

Afinal, a nuvem é um dos sistemas de armazenamento de dados mais modernos e eficientes, funcionando de forma online e com o gerenciamento feito em tempo real via dashboards integrados.

Mas por que a nuvem é tão importante para as empresas? Seja de grande, médio ou pequeno porte, uma organização dispõe de uma imensidão de documentos relevantes, os quais não podem ser armazenados ou descartados de qualquer forma.

Com a digitalização, além de diminuir o uso do papel e adicionar a visão das causas ambientais, o espaço físico que armazenaria todas as informações, passa a ser digital. É neste cenário que a nuvem desponta como a melhor solução.

 O mecanismo em nuvem de armazenamento e monitoramento de dados é indispensável para as empresas nos dias atuais, não apenas pela organização, mas pela facilidade do compartilhamento, que pode ser feito pelas diferentes áreas a partir de um clique.

Funciona como um facilitador da comunicação, com arquivos que podem ser compartilhados e atualizados instantaneamente. Por outro lado, a chance de perder arquivos na nuvem também é muito menor.  A personalização é outro ponto forte. Com esse tipo de tecnologia, você decide o quanto de espaço quer adquirir e quais necessidades pretende atender, se tornando também uma opção econômica. Por isso, é necessário entender quais são as suas necessidades, os recursos, suporte e budget antes de contratar.

Entretanto, a segurança dos dados que são guardados nela deve ser considerada e planejada pelo time de tecnologia e segurança da companhia.

Qual é a relação da segurança e da nuvem?

A nuvem oferece maior eficiência para as atividades diárias. Porém, o acesso às informações que nela estão deve ser restrito aos colaboradores que as manejam, pois abrir para todos aumenta o risco de vazamento dos dados e intrusão por parte de ciberatacantes.

Os responsáveis pelo monitoramento da nuvem contam com soluções de credenciais de acesso, as quais permitem a classificação dos usuários por categorias que liberam os documentos de acordo com os níveis pré-estabelecidos. Com esse controle, os dados são acessados apenas pelas pessoas que precisam deles, diminuindo a exposição dos documentos.

Além disso, os times de gestão da nuvem programam backups das informações e mantém cópias em outros servidores, aumentando a segurança dos documentos armazenados.

A nuvem, com certeza, chegou para revolucionar os processos das companhias e as relações de trabalho. O que antes era complicado, agora é simples e fácil, podendo contribuir até para a abertura de novos negócios. São infinitos os benefícios desse tipo de armazenamento e quem não adere, acaba ficando para trás no mercado. A tecnologia chegou para facilitar, basta identificar as necessidades da empresa, escolher a que melhor se adequa e aprender a utilizá-la. Em meio a cultura do compartilhamento de informações, a vida se torna mais fácil e mais segura.

*Por Waldo Gomes, diretor de marketing e relacionamento da Netsafe Corp

Artigos Relacionados

Crédito da foto: Business photo created by natanaelginting – www.freepik.com

Waldo Gomes

Waldo Gomes é diretor de marketing e relacionamento da Netsafe Corp