O Magazine Luiza anunciou uma nova estrutura organizacional, que busca uma visão integrada entre online e offline da jornada do cliente. Segundo o fato relevante divulgado pela empresa, a nova estrutura visa a um novo ciclo de desenvolvimento do negócio, no qual “o Magalu quer se tornar o ecossistema que irá digitalizar o varejo brasileiro por meio de um marketplace multicanal”.

A Vice-presidência de Operações, sob o comando de Fabrício Garcia, será responsável pela operação logística e pelas lojas físicas. Atualmente Fabrício é VP operacional e comercial do Magazine Luiza. As lojas, na nova estrutura, serão parte da estrutura de distribuição da empresa, operando também como pontos de coleta, expedição e entrega dos sellers, ou seja, os varejistas que operam no marketplace.

A Vice-presidência de Negócios, liderada por Eduardo Galanternik, vai cuidar do comercial e do marketing de todos os canais do Magazine Luiza. Galanternik era Diretor Executivo de E-commerce desde junho de 2015. De acordo com o fato relevante “a gestão passará a ser feita por categoria e será agrupada da seguinte forma: Bens Duráveis e Bens Consumo (LuizRego); Esportes, que inclui a Netshoes (JulioTrajano); e Moda e Beleza, que inclui Zattini e Época Cosméticos (Silvia Machado)”.

A vice-presidência de Plataforma, que terá à frente André Fatala, será responsável pelo desenvolvimento da tecnologia que será disponibilizada aos sellers dentro do marketplace. Fatala atualmente é o CTO do Magazine Luiza, cargo que ocupa desde janeiro de 2017.

O Magazine Luiza teve crescimento recorde no terceiro trimestre, de 81,2%, puxado principalmente pelo crescimento de 148,56% no e-commerce. Este resultado foi superior ao e-commerce brasileiro, que cresceu 43,5% no trimestre segundo a e-bit. Só o marketplace cresceu 145,4% e contribuiu com R$ 2,1 bilhões para o GMV.

Leia as últimas notícias no Inovação Aberta

Crédito da foto: Company page do Magazine Luiza no LinkedIn

Paulo Roberto Silva

Paulo Roberto Silva é jornalista e empreendedor. Graduado em Jornalismo pela ECA USP e mestre em Integração da América latina pelo PROLAM USP.