A plataforma de turismo iFriend captou R$ 2 milhões em investimentos em menos de três dias. A rodada foi organizada pela empresa de equity crowdfunding CapTable, e atraiu 316 investidores. As cotas disponibilizadas podiam ser adquiridas a partir de R$ 1 mil. 

Segundo o CEO da iFriend, Leonardo Brito, o objetivo da startup é conectar a plataforma a  mais turistas que querem se aventurar pelo mundo. “Há três anos eram 244 guias cadastrados. Hoje contamos com 6.500 guias locais no nosso sistema, um crescimento de 2.600%. Além disso, alcançamos a marca superior a 2.000 Experiências, em pouco mais de 6 meses. Nossa meta é crescer ainda mais no pós-pandemia. As pessoas precisam se divertir nas viagens sem ter preocupação com coisas simples de serem resolvidas”.

Metade dos recursos captados serão utilizados para contratações, 30% do valor será utilizado para investimentos em marketing e despesas comerciais. Por fim, 10% para despesas com infraestrutura e os demais 10% para arcar com impostos. 

A velocidade da captação da iFriend foi recebida com entusiasmo por Guilherme Enck, cofundador da CapTable: “Quando lançamos uma captação na nossa plataforma, temos a convicção de que vamos completar o valor. Há um processo cuidadoso na nossa seleção antes de colocarmos uma startup em uma rodada, isso gera credibilidade para o investidor que está na nossa base. Mas a rapidez no caso da iFriend mostra que há muitos que acreditam em uma alavancagem no mercado de turismo pós-Coronavírus”.

Artigos Relacionados

Crédito da foto: Divulgação

Paulo Roberto Silva

Paulo Roberto Silva é jornalista e empreendedor. Graduado em Jornalismo pela ECA USP e mestre em Integração da América latina pelo PROLAM USP.