Já estão abertas as inscrições para a terceira edição do Elevator Pitch, ativação que selecionastartups brasileiras para imersão completa no ecossistema de inovação canadense. O evento, promovido pela Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC) em parceria com a SP Negócios e Prefeitura de São Paulo, será realizada no dia 22 de novembro durante o festival São Paulo Tech Week 2020, na capital paulista.

Serão selecionadas cerca de 40 empresas de todo país para participar da competição. No evento, o empreendedor fará o real ‘pitch de elevador’ ao subir no topo de um prédio icônico da capital paulista e será avaliado por investidores e aceleradores canadenses, além de figuras do ambiente de inovação em São Paulo.

“Apresentar o projeto da startup para investidores ou aceleradores canadenses durante a subida, por si só, já é especial. Ainda, os empreendedores receberão mentorias durante o evento, o que amplia a possiblidade de sucesso”, conta o diretor de relações institucionais da CCBCPaulo de Castro Reis.No fechamento do dia, a instituição promove uma confraternização.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 30 de outubro por meio do link https://ccbc.org.br/sp-elevator-pitch/. Podem participar startups com sede no Brasil, de diferentes setores e que já tenham lançado uma versão do produto ou serviço, com modelo de negócios validado e time dedicado integralmente ao negócio. O formulário de inscrição deve ser preenchido em inglês, o participante precisa ser fluente no idioma e ter disponibilidade para realizar uma viagem internacional.

O anúncio das startups selecionadas para a etapa final será feito no dia 10 de novembro, no mesmo site das inscrições e por e-mail. A startup vencedora terá oportunidade de passar por uma imersão no ecossistema de tecnologia, validação e escalabilidade no Canadá.

Leia as últimas notícias no Inovação Aberta

Crédito da foto: Image by StockSnap from Pixabay

Paulo Roberto Silva

Paulo Roberto Silva é jornalista e empreendedor. Graduado em Jornalismo pela ECA USP e mestre em Integração da América latina pelo PROLAM USP.